•   
  •   
  •   
  •   
Segunda Liga

Segunda Liga
Segunda Liga
Primeira Liga
FORMAÇÃO DO SCC: VENCER A FORMAR, FORMAR A VENCER
 
Profº António Vicente - Director técnico da Formação
 
O Sporting Clube da Covilhã (SCC) é o clube de futebol de referência do Interior. Para que assim se mantenha por muitos mais anos o SCC tem de ser uma instituição de referência também na formação de jogadores de futebol, na formação de Homens (e Mulheres).
O riquíssimo legado do SCC exige o melhor de cada um. De todos: jogadores, treinadores, dirigentes, pais, adeptos, mesmo (ou principalmente) na formação.
Há quem pense que é possível formar sem vencer. Ou até mesmo formar sem competir. Ser possível é (tudo é possível), mas estamos convictos que a discussão se deve fazer num outro âmbito.
Não há formação sem superação (descobrir-se a si próprio, conhecer os seus limites). Um sentido que tem de estar sempre presente na formação, no treino e na competição. Uma busca constante dos limites visando alargá-los e descobrir que o impossível não existe, que é sempre possível fazer mais e melhor. No futebol como na vida.
Acreditamos que não se pode formar sem transformar. A formação do Homem através do futebol obriga à sua transformação (tornar diferente num sentido positivo). Uma transformação global e onde é essencial a competição (essencialmente consigo e sempre visando a superação).
Devemos querer vencer sempre, mas não interessa ganhar a todo o custo ou de qualquer forma. Uma visão de formação centrada no imediato leva à tentação de ficar por uma superficialidade que no curto prazo pode até dar alguns resultados (e enganar alguns). Todavia, o mais relevante será desperdiçado (e por isso é enganador), os benefícios que poderiam ser gerados não o são e o médio e longo prazo mostrarão a fragilidade do processo.
 
Acreditamos que na formação o mais importante é ensinar o “como jogar”. Ensinar “o que fazer”, “quando fazer”, “onde fazer” e o “como fazer”. Tendo sempre presente que o futebol solicita permanentemente comportamentos de diálogo, que o futebol é o jogo com o outro (companheiros de equipa, oponentes, árbitros, treinadores, dirigentes, público,...). Que o futebol, como desporto coletivo que é, exige uma divisão de funções específicas e a dinâmica das suas coordenações (onde é fundamental saber estar em e no grupo).
 
É neste sentido que defendemos que a formação do Sporting Clube da Covilhã deve pretender formar jogadores que sejam excecionais enquanto Homens e Futebolistas. “Jogadores à Sporting da Covilhã” com competências (técnicas, táticas, fisiológicas, psicológicas e sociais) que lhes permitam integrar a equipa sénior do SCC e dar continuidade à riquíssima história deste grandioso Clube. Conscientes de que nem todos os jovens jogadores serão profissionais de futebol, mas que devem ser Homens (e Mulheres) excecionais e com orgulho em terem “vestido a camisola do SCC”, em terem sido formados no SCC.
 
É este o nosso compromisso na Formação. E é o que o Sporting Clube da Covilhã exige: o Melhor!
 
Votos de Festas Muito Felizes!
© 2017 SC Covilhã, todos os direitos reservados Política de Privacidade | FAQ'S | Desenvolvido por Assec Sim!